segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Vou jogar o buquê! Mas como?


E se houvesse um jeito de jogar o buquê sem que houvesse empurra-empurra ou amigas parando de se falar? Pois há uma ideia genial que pode evitar conflitos e ser ainda mais divertida! Sem guerra, sem tropeços, sem sapo ou santo, sem cotovelada ou vestidos tomara que caia, bem... Caindo! A fórmula é simples, cria um visual lindo e as amigas continuam convivendo numa boa depois da “guerra do buquê”.

Ao invés da noiva jogar o buquê para as moças solteiras da festa, elas o disputarão na sorte! Essa dinâmica é mais interessante para as noivas que possuem um número considerável de convidadas que ainda não possuem uma aliança. Vocês verão por quê.

É simples e prático: diversas fitas são amarradas ao buquê e cada solteira segura uma das pontas. Quanto mais solteiras para complicar a vida da noiva, mais divertido e engraçado.

A noiva vai cortando as fitas uma a uma, até que reste apenas uma, segurada pela convidada mais feliz da festa: a que levou o buquê!


Mas, afinal, como preparar esse buquê?

Amarre várias fitas de cetim no buquê. Elas precisam ter um tamanho considerável, para que as convidadas solteiras fiquem a certa distância da noiva – isso garantirá um espaço excelente para o fotógrafo trabalhar sua criatividade e tirar fotos maravilhosas.

Dica: para noivas descontraídas, fica bem legal usar fitas de cores variadas; já para aquelas mais clássicas e centradas, o uso de fitas de uma só cor ou com as cores utilizadas na decoração deixam o visual mais combinante.

2 comentários:

  1. Manu, eu tinha visto isso numa revista e achei o máximo!! Excelente ideia!!!

    Deve ser mega engraçado, uma dança das cadeiras moderna! rs

    Beijinhos
    http://casamentoapaixonado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Interessante...mas a parte da guerra para pegar o buquê será sempre O MÁXIMO! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir